Páginas

domingo, 7 de agosto de 2011

- Ah! Tá muito caro!



Bem, se voce escuta de um cliente ou potencial cliente essa frase, está na hora de rever seus conceitos.
Um produto somente existe porque uma pessoa de carne e osso, nasceu, cresceu, se qualificou, se dedicou e criou. Os produtos sejam eles quais forem não se criam sozinhos.
Quando o cliente ou potencial cliente solta essa exclamação, uma verdade inconveniente aparece piscando no alto de sua testa : - Eu não valorizo pessoas!
Voce quer um cliente que não valoriza voce nem seu trabalho? Qual vantagem ter essa pessoa na sua relação de clientes vai te trazer?

Pessoas que só pensam em redução de custos, tornando os trabalhos quase escravidão e sacrifício, não valem a pena ter por perto. 
Inevitavelmente, elas não vão dar nenhum valor ao que voce fez e um cliente que não te admira como pessoa, que voce não consegue ter a menor relação cordial e amigável é besteira manter somente por questões financeiras. Use essa energia no seu aprendizado, no trabalho voluntário ou em captar um novo e real cliente.

Mas então o cliente não pode negociar?
Claro que sim, ele pode com muito tato explicar que o valor do seu produto ou trabalho não cabe no orçamento dele. E voce percebendo o interesse real da pessoa no seu trabalho, e o reconhecimento que ele vai ter, vai saber contornar e chegar a um valor justo e honesto.
 Porque nem tudo na vida se resume a reconhecimento financeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário